0

Clássicos da literatura: 11 livros que você tem que ler

Oii,

Falo muito sobre livros dos mais diversos temas, faço resenhas, indico, dou a minha opinião sincera… mas, e os clássicos da nossa literatura? Aqueles que estão nas listas do vestibular e muitas vezes só são lidos para esse fim?

Costumo dizer que para o leitor ser de fato um leitor, não pode só ler ficção, romances modinha e sagas épicas. É preciso conhecer a literatura do seu país e, nem que seja para o vestibular, ler os livros escritos por gênios da literatura. Por isso, fiz uma listinha com 11 títulos, 10 deles de autores brasileiros e um de um autor israelense, que decidi adicionar a lista por ser de uma profundidade maravilhosa.

Continuar lendo

Anúncios
0

Resenha: A Filha do Louco – Megan Sheperd

Oie! Tudo bom?

Voltei com resenha de um livro ótimo, que comprei por causa da capa e depois de ter lido o resumo no Skoob.

Que leitor nunca comprou um livro nessas circunstâncias, atire a primeira pedra e se apresente nos comentários, porque eu nunca vi uma única pessoa que não tenha saído de uma livraria depois de dar uma passada só para não perder o costume com um livro que ela nunca ouviu falar, confiando em seu instinto literário.

A Filha do Louco era um dos vários livros que estava na minha lista de desejos, mas que sempre fui deixando “para comprar quando já tivesse lido todos os outros”, até o dia em que fui à livraria e bati o olho nele. A capa é linda e despertou a minha curiosidade, a sinopse que eu já havia lido a tanto tempo voltou a minha cabeça e de repente eu queria muito ler…

a filha do louco 1

Juliet Moreau construiu sua vida em Londres trabalhando como arrumadeira — e tentando se esquecer do escândalo que arruinou sua reputação e a de sua mãe, afinal ninguém conseguira provar que seu pai, o Dr. Moreau, fora realmente o autor daquelas
sinistras experiências envolvendo seres humanos e animais.
De qualquer forma, seu pai e sua mãe estavam mortos agora, portanto, os boatos e as intrigas da sociedade londrina não poderiam mais afetá-la… Mas, então, ela descobre que o Dr.
Moreau continua vivo, exilado em uma remota ilha tropical e, provavelmente, fazendo suas trágicas experiências.
Acompanhada por Montgomery, o belo e jovem assistente do cirurgião, e Edward, um enigmático náufrago, Juliet viaja até a ilha para descobrir até onde são verdadeiras as acusações que apontam para sua família.

A história é de uma criatividade de tanto! A autora montou bem as personagens e nos fez gostar, ou odiar, cada uma delas, além de nos prender com as situações estranhas que passam. A leitura é fácil e quando menos se espera já está no último capítulo. Demorou um pouco para o clímax começar e eu me sentir totalmente envolvida na história, mas quando isso aconteceu simplesmente não consegui parar de ler, porque queria muito ver até onde a criatividade da autora iria.

Baseado num outro livro, “A Ilha do Doutor Moreau” de H. G. Wells, Megan foi extremamente ousada em dar prosseguimento a essa história e conta-la pelo olhar da filha do protagonista. O que eu posso dizer dessa ousadia é que podia dar muito errado e acabar encalhado nas prateleiras, mas pelo contrário, é um livro instigante e arrebatador. Você sofre com a Juliet e seu coração dividido por Montgomery e Edward e se apaixona pelos nativos (alguns, haha).

IMG_0088

Antes que me perguntem, não é preciso ler o livro de H.G Wells para entender a história, mas quem quiser entender mais como ela surgiu, vale a pena. Ah, eu li em algumas críticas no Skoob que vai haver uma continuação, mas que ainda não foi lançado no Brasil.

IMG_0085

a filha do louco avaliaçãoBom amores, espero que tenham gostado da resenha que que ela incentive vocês a conhecerem uma nova autora, que tem tudo para escrever vários títulos bons!

assinatura with love

 

 

2

Resenha: Seis Anos Depois – Harlan Coben

Oi amores, tudo bom?

Hoje tem resenha de um dos livros mais comentados dos últimos tempos, Seis Anos Depois de Harlan Coben que ao ser lançado, prometeu uma leitura tensa, eletrizante, que ia fazer os leitores enlouquecerem com a história de Jake Fisher. A pergunta é? Cumpriu o que prometeu? Para mim a resposta é uma grande SIM! 😀

Exif_JPEG_420

Eu estava muito ansiosa para ler este livro e confesso que por isso criei uma grande expectativa, sem reparar, o que eu faço de tudo para evitar, mas as vezes não é uma tarefa fácil. Por motivos simples, quando você põe muita fé na história, há grandes chances de você sofrer uma decepção, mesmo que o autor já seja conhecido e renomado… Isso porque ninguém é obrigado a gostar de tudo que um autor escreve né?

Bom, chega de enrolação e vamos logo falar de porque eu amei tanto e porque vocês dever ler, tipo… pra ontem!

Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas.

E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la. Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa… durante seis anos.

Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa. Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada.

Em Seis anos depois Harlan Coben usa todo o seu talento para criar uma trama sensacional sobre um amor perdido e os segredos que ele esconde.

Exif_JPEG_420

Primeiro lugar na lista do New York Times, e com diversos comentários instigantes, não há como não sentir vontade de ler:

“Harlan Coben é um escritor que acerta sempre. Todo novo livro seu é motivo de alegria, mas um tão bom quanto Seis anos depois é motivo para uma comemoração. Suas histórias estão cada vez melhores.” – The Huffington Post
Com Seis anos depois, Harlan Coben mais uma vez mostra como é que se faz.” – Washington Post

“Este é o ‘Um corpo que cai’ do Harlan Coben, sua obra de arte.” – The Providence Journal

“Ao mesmo tempo que é um grande suspense, Seis anos depois é também uma incrível história de amor.” – Fort Lauderdale Sun-Sentinel

“O melhor livro de Coben até hoje… Seis anos depois faz você se desligar do mundo e o mantém lendo até altas horas da madrugada.” – Suspense magazine

” Coben é um dos melhores autores de suspense da atualidade e lança mais um romance incrível. Não espere seis anos para ler o que pode ser o melhor livro de Coben desde ‘Não conte a ninguém'”. – Library Journal

OBS: Também já li Não Conte a Ninguém e é um livro maravilhoso, se vocês quiserem, posso fazer uma resenha aqui, me contem, ok? 😉
A Editora Arqueiro, que diga-se de passagem arrasa nos lançamentos e tem um título melhor que o outro disponibilizou, acreditem ou não, os três primeiros capítulos – clique aqui para ler – para nos dar uma amostra do que vem por aí… Mas, cuidado, vocês vão surtar e querer ler agora! Depois, só não digam que eu não avisei…
avaliação
E então, deixei vocês com vontade de ler? Me contem o que acharam!
assinatura with love
6

Post em Parceria: Fallen, uma série pela qual me apaixonei

Oi amores, tudo bom?

Estou muito muito muito empolgada em retomar aqui os posts em parceria com a Isa, do blog Let it Bela e hoje o assunto é um dos que nós dominamos e entendemos bem (cof, cof…): literatura!

2014-05-15Eu escolhi uma série que me encantou e me marcou que a Isa ainda não tivesse lido e vise e versa, então a minha escolha foi a série Fallen. Uma ótima oportunidade de falar dela aqui, que é tão cheia de romance e histórias que vivem em uma reviravolta louca. Eu amei essa série e acho que você também vão amar…

2014-10-18 21.54.45

Eu me deparei com a série por acaso, estava vendo as ofertas do site Submarino e vi que a série toda estava sendo vendida por uma bagatela de R$ 39,90. A sra. compulsiva por livros aqui comprou, claro, eu nunca tinha lido uma história sobre anjos e me interessei logo de cara pelas capas e pelas sinopses.

2014-10-18 21.56.24

Algo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no reformatório. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso que provocou a morte de seu namorado levou Luce até ali.

Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder – uma verdade que poderia matá-la. Algo que, em suas vidas passadas, Daniel não conseguiu evitar.

2014-10-18 21.56.40

Será que ser amada por um anjo vale todo o sofrimento em séculos de existência?

Luce está mais uma vez separada de Daniel, mas somente pelo tempo necessário para caçar os Párias – anjos caídos, como ele, mas que desejam Luce morta mais do que tudo.

Daniel leva sua amada mortal até a Shoreline, uma escola na rochosa costa californiana que esconde alunos com talentos únicos: os nefilim, filhos ou descendentes de relacionamentos entre anjos e mortais.

Na Shoreline, Luce aprende mais sobre as sombras, e como pode utilizá-las como janelas para suas vidas passadas. Porém, quanto mais Luce descobre todas aquelas Luces anteriores a ela, mais ela suspeita que Daniel está escondendo um segredo – um segredo mortal.

2014-10-18 21.57.04

Antes que Luce e Daniel se conhecessem na Sword & Cross e tivessem lutado contra Imortais e Párias, eles viveram muitas vidas. O amor de Luce por Daniel é mais forte do que tudo, exceto, talvez, pela necessidade de saber mais sobre a história dos dois e as razões por trás da maldição que atormenta suas vidas.

Levada por um impulso irracional, Luce se arrisca ao mergulhar em um Anunciador e começa a atravessar os séculos. Ao encontrar versões passadas de si mesma e de Daniel, vai recolhendo pistas que podem ajudá-la a compreender seu destino.

2014-10-18 21.57.29

Luce e Daniel estão juntos e parece que nada mais vai separá-los. O problema é que o destino amaldiçoado de uma mortal e de um anjo caído promete surpresas!

O céu está escuro com asas¿ Como a areia numa ampulheta, o tempo está se esgotando para Luce e Daniel. Para parar Lúcifer de apagar o passado eles devem encontrar o lugar onde os anjos caíram na terra. Forças sombrias estão atrás deles, e Daniel não sabe se consegue fazer isso – viver só para perder Luce uma vez e mais outra. No entanto, juntos, eles enfrentarão uma batalha épica que deixará corpos sem vida e poeira de anjos. Grandes sacrifícios são feitos. Corações são destruídos. E de repente, Luce sabe o que deve acontecer.

2014-10-18 21.57.44

História de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados: Histórias de Amor de Fallen, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série – Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Êxtase – último volume da série -, Apaixonados: Histórias de Amor de Fallen é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.

É uma história apaixonante e fiz questão de comprar também o volume Apaixonados, pois ao longo da leitura você acaba se apegando não apenas ao casal principal, mas aos outros também <3. Eu não sabia o que esperar da leitura, mas em algum momento cheguei a pensar que as capas eram lindas demais e que aqueles livros podiam conter uma história não tão boa quanto eu estava imaginando.

Bom, a compra estava feita e eu não ia devolve-los, de jeito nenhum. Como já li diversos livros e autores, as vezes penso que posso não gostar e aprovar tanto assim, já aprendi alguns macetes de leitura que me fazem me preparar psicologicamente com antecedência, para não me frustrar muito quando uma história não me surpreende. Justamente por isso procuro não ter preconceitos com gêneros e faço o possível para ler de tudo e de todos, as vezes me obrigo a ler algum livro que eu não quero ou não me interesso, só porque muitas pessoas têm lido, falado bem e recomendado.

No caso de Fallen, fui surpreendida muito positivamente, não apenas com uma história de amor linda e invejável, mas com uma trama que nunca poderia imaginar, com um desfecho mais incrível ainda. A leitura vale muito a pena, mesmo!

Lauren Kate, a autora, foi incrível ao escrever o amor de Luce e Daniel e encantou meu coração… Ainda não li nenhum outro livro ou série dela, mas pretendo, pois já li diversas resenhas falando muito bem!

Eu recomendo muitíssimo para quem gosta de uma história de amor maravilhosa, com vários clímax de tirar o fôlego.

A Isa do blog Let it Bela também escolheu uma série que marcou sua vida, A Poderosa, de Sergio Klein. Uma série infanto-juvenil que conta a história de Joana Dalva e as experiências de sua pré adolescência. Não é porque trata-se da vida de uma adolescente em crises hormonais e existenciais, que passa por tudo, ou quase tudo que diversas outras pessoas passam que é um livro bobo e infantil, pelo contrário, é uma história cheia de altos e baixos que foca no “poder” que Joana tem de escrever e ver suas palavras virando realidade. Bom, ao menos é o que dizem diversas resenhas pela internet.

Todos dizem ser uma leitura leve, rápida e divertida e acho que todos nós, independente do gosto literário, merece um livro assim que nos mantenha entretido e não nos faça sofrer, como muitos por aí fazem, hahaha!

A Isa vai explicar melhor sobre a série em seu blog, então você pode clicar aqui para ler a resenha dela, mas eu me interessei, pois também gosto de livros que me façam rir, principalmente esse, que promete me fazer reviver o meu período pré adolescente e os meu momentos 🙂 .

É isso amores, me contem o que acharam das séries e se ficaram com vontade de ler!

assinatura with love

2

Resenha: Desaparecido para Sempre – Harlan Coben

Oi gente, tudo bom?

Hoje tem resenha! \o/ Esse livro é mais do que especial para mim, ele carrega toda uma história engraçada por trás e vou conta-las para vocês… mas primeiro, vamos falar do livro em si e do que eu achei dele.

Exif_JPEG_420

Desaparecido para Sempre conta a história de Will Klein, que descobre que seu irmão Ken, desaparecido a 11 anos está vivo. A polícia o considera culpado pelo assassinato de Julie Miller e dão a ele o título de foragido, mas a família nunca se convenceu de sua culpa e sempre acreditou em sua inocência.

Com essa revelação, Will revira o passado e começa de fato a tentar entender o que houve naquela fatídica noite; quanto mais informações tenta conseguir, mais a história não faz o menor sentido, até que descobre que sua namorada Sheila está envolvida nisso tudo de alguma maneira e por algum motivo muito grave nunca o revelou nada.

Will conta apenas com a ajuda de Squares, seu melhor amigo, e se mete numa história muito maior que ele poderia imaginar.

Exif_JPEG_420

A história é envolvente e Harlan Coben sabe como jogar com seu leitor. Quando achamos alguma coisa, ele nos vem com uma reviravolta e nos confunde de novo. Muitas ameaças, sangue e pancadaria, um protagonista que foi deixado sozinho, totalmente no escuro, sem nenhuma informação se quer, sem saber por onde começar, que vai, aos poucos, juntos com o leitor, descobrindo os mais horripilantes segredos de cada personagem.

Ele é mestre no que faz e eu o amo por isso ❤

Agora, deixem-me contar a história feliz por trás desse bebezinho…

Exif_JPEG_420

Sim, é um autógrafo do Harlan Coben, mas isso vocês que repararam na foto lateral do blog e que me seguem no Instagram já devem saber. O que eu ainda não contei foi como consegui esse autógrafo.

Estava eu, linda e bela passeando pela Bienal do Livro – sabendo que o Harlan estaria lá naquele dia e horário, mas também conformada de que eu não conseguiria pegar uma senha que dava direito de entrar na fila dos autógrafos – quando eu viro num corredor estreito com a circulação impossível. Eu não conseguia voltar para sair dele, então só me restava tentar seguir atrás de uma pessoa que estava indo para a frente e nem era possível ver o que estava acontecendo lá na frente, muito menos ver o tamanho do corredor que eu precisaria enfrentar.

Depois de muito empurra-empurra eu finalmente consegui sair do meio da muvuca, olhei para frente e o vi, lá dentro do estande da Editora Arqueiro distribuindo autógrafos, sorrisos e fotos para todo mundo! Parei, não conseguia mais me mexer! Nem sabia que eu conseguiria vê-lo, quanto mais ali, poucos metros a minha frente. Falei para o meu namorado: “Se quiser sair dessa zona e me esperar num lugar mais tranquilo pode ir, mas eu preciso tirar uma foto dele, não com ele, mas dele!”, ele disse que ia ficar por ali mesmo e que eu fosse atrás da foto. Tirei várias fotos e resolvi entrar no estande para ver se conseguia comprar o livro Seis Anos Depois, que ele estava lançando, mas estava esgotado (aliás, eu já consegui compra-lo e vai ter resenha muito em breve aqui no blog). Então eu comprei outros dois livros, paguei e quando estava saindo encontrei uma menina que estava lá recebendo o autógrafo dele. Eu perguntei como tinha sido, se ela tinha achado ele  simpático e etc, e ela me disse: “Se eu fosse você eu ia lá e entrava na fila, ele está autografando qualquer livro dele e está super de boa”, agradeci mas saí sem achar que conseguiria mesmo.

O Harlan ainda estava lá sendo todo atencioso e simpático. Não, eu não ia comprar nenhum livro dele! Já tinha comprado dois, duas semana atrás e nem tinha lido ainda! Mas não me contive, entrei de novo no estande e peguei o primeiro livro dele que apareceu na minha frente, paguei, saí correndo e quando cheguei lá para a minha infelicidade ele já tinha encerrado a sessão de autógrafos 😥

Sem nem mesmo pensar eu fiz uma cara de adolescente inconsolável e perguntei baixinho para uma moça que estava distribuindo marcadores da editora: “Moça, mas e o livro que eu comprei pra ele autografar? Só consegui sair de lá de dentro agora…” E realmente, o estande estava bombando, uma loucura só! A moça, se compadecendo da minha cara de triste falou: ” Você comprou, é? Me dá o livro, vou ver se eu consigo que ele autografe.” Gente, ele nem tinha mais obrigação de escrever nem as iniciais! Já tinha passado mai de duas horas lá autografando milhões de livros e posando para milhões de fotos! Quando a mocinha voltou, ela me entregou o livro e quando eu o peguei ela abriu a capa… lá estava o meu autógrafo!

Se antes eu já adorava o Harlan, pela sua genialidade e seus livros maravilhosos, hoje eu o amo! Ele foi muito além das minhas expectativas e fez questão de autografar o meu livro, mesmo podendo dizer que não. Ele já tinha ido para uma salinha reservada atrás do estande, não tirei uma foto com ele, mas seu gesto valeu muito mais do que trezentas fotos ao seu lado ❤

assinatura with love