1

SAG Awards 2015: Looks e makes

Oii,

Hoje tem o post final do especial “SAG Awards 2015” com looks e makes do red carpet. Vamos ver quem arrasou, quem acertou na produção e quem não fez tão bonito assim…

sag 1

Esse vestido Naeem Khan da Natalie Dormer MA-RA-VI-LHO-SO, porque a pessoa não basta ser diva e linda, tem que arrasar no tapete vermelho; seu cabelo e make estavam mais simples impossível, mas mesmo assim lindos, pois ressaltaram sua jovialidade e leveza do vestido. Já Lupita Nyong’o estava esvoaçante em seu estampado plissado Elie Saab, com um coque lindo de tranças e uma make quase imperceptível que se destacava apenas no batom.

sag 2

Julianne Moore estava simples e chique em seu longo Givenchy. A make com lábios nude e esfumado combinou com o cabelo solto. Jackie Cruz estava deslumbrante nesse vestido cheio de pedras, achei ousado, mas ela acertou e não ficou pesado; mais uma adepta aos lábios do momento no tom nude.

sag 3

Felicity Jones usou um Balenciaga clássico, mas achei que a cor do vestido a a apagou um pouco; a make também estava combinando com a simplicidade do vestido. Emilia Clarke usou um vestido muito parecido com o de Felicity, mas as cores acabaram ficando muito pesadas, também não acertou muito no cabelo, parece seboso 😦

sag 4

Maria Menounos estava num longo tomara que caia bem clássico, outra que apareceu com o cabelo liso, combinando com uma make limpa com esfumado simples. Reese Witherspoon ficou grande em seu vestido branco, desvalorizou seu corpo.

sag 5

Keira Knightley foi de Erdem roxo e combinou os tons da make com os do vestido; eu só tiraria esse babado na barriga, pois dá um volume desnecessário. Maisie Williams e Sophie Turner estavam tão lindas ❤ Maisie escolheu um vestido jovial, cabelo preso bagunçadinho e make com esfumado preto e cor nos lábios, já Sophie está bem mulherona com delineado e boca nude, essa make foi arrematada pelo contraste de seus cabelos riuvos soltos, caindo na lateral do rosto; amei sua sandália com o detalhe de coração.

sag 6

Emma Watson estava sexy sem ser vulgar com um vestido Christian Dior; ela está acertando muito em seu looks de red carpet e nós adoramos! ❤ Julia Roberts usou um terninho preto Givenchy e tentou causar o efeito de Emma usando calças no Golden Globe, mas eu acho que não foi dessa vez que ela acertou, ficou com cara de backoffice do evento 😦 Já a make estava linda, muito bem elaborada.

sag 7

Sarah Hyland estava diva com seu longo Vera Wang; o busto todo bordado, unido com a transparência da saia compõe um lindo vestido, digno de premiações; a make linda com lábios nude segue uma das tendências mais usadas nos red carpet. Kelly Osbourne inovou e foi de saia animal print; adorei a modelagem da saia e da blusa, acho que combinou muito com seu estilo; seu cabelo roxo em topete e uma make com batom pink lindo, que eu adoro.

sag 8

Julie Bowen linda, parecendo uma boneca nesse longo claro e bordado; A make natural combina com os estilo do vestido e com o cabelo usado, tudo fresh e clean. Emmy Rossum estava linda linda linda nesse vestido todo bordado com vidrilhos, não ficou pesado e vestiu super bem nela; uma make simples, com delineado e boca nude arrematou o coque baixo com franjas soltas, adorei.

sag 9

O lindo Kit Harington todo alinhado, coloquei só para suspirarmos… HAHA e o casal fofo Joanna Newsom e Andy Samberg que estavam lindos juntos.

Deu para perceber que a tendência agora é apostar em lábios nude, nas mais diversas nuances e uma sobra simples, não é? Gostaram do red carpet do SAG?

assinatura with love

 

Anúncios
2

Globo de Ouro 2015: Vencedores

Oi gente, tudo bom?

Ontem aconteceu uma das mais importantes premiações do cinema e da televisão, o Globo de Ouro 2015 que prestigiou as melhores atuações, produções, roteiros e direções do ano. Como não podia deixar de ser, acompanhei  a entrega dos prêmios pela transmissão maravilhosa da TNT e anotei todos os vencedores para contar para vocês 🙂 Confira a lista:

ps: claro que muitos dos filmes ainda não foram lançados, mas serão em breve, aí poderei comentar melhor cada um.

As premiações do cinema:

Melhor filme de drama: O grande vencedor da noite foi Boyhood, o tão comentado filme que demorou 12 anos para ficar pronto. Ele estava concorrendo com FoxcatcherO Jogo da ImitaçãoSelmaA Teoria de Tudo.

Melhor filme de comédia ou musical: O vencedor dessa categoria foi O Grande Hotel Budapeste que é realmente maravilhoso, lúdico e mereceu a estatueta. Estava concorrendo com BirdmanCaminhos da Floresta, Pride e Um Santo Vizinho.

Melhor filme estrangeiro: O filme russo Leviatã venceu os concorrentes Força Maior da Suécia, Gett de Israel, Alemanha e França, Ida da Polônia e Tangerines da Estônia.

Melhor filme de animação: Amei o vencedor dessa categoria Como Treinar seu Dragão 2, o filme é incrível e não dá para não se apaixonar pela segunda vez pelo Banguela. Ele estava concorrendo com Operação Big Hero que também é lindo, Festa no CéuOs BoxtrollsUma Aventura Lego.

Melhor ator de drama: Eddie Redmayne do filme A Teoria de Tudo venceu o tão cobiçado prêmio da noite. Mesmo não tendo visto o filme ainda, acredito que foi uma boa escolha pois pelos trailers, a atuação de Eddie é maravilhosa. Ele concorreu com grandes nomes, Steve Carell do filme Foxcatcher, Benedict Cumberbatch de O Jogo da Imitação, Jake Gyllenhaal de O Abutre e David Oyelowo do filme Selma.

Melhor ator de comédia ou musical: Na minha opinião, Ralph Fiennes do filme O Grande Hotel Budapeste deveria ter levado este prêmio, mas quem ganhou foi Michael Keaton de Birdman que também estava concorrendo com Bill Murray de Um Santo Vizinho, Joaquin Phoenix de Vício Inerente e Christoph Waltz de Big Eyes.

Melhor atriz de drama: Julianne Moore ganhou o prêmio pelo filme Para Sempre Alice e estava concorrendo com Jennifer Aniston de Cake, Felicity Jones de A Teoria de Tudo, Rosamund Pike de Garota Exemplar e Reese Witherspoon de Livre.

Melhor atriz de comédia ou musical: A vencedora foi Amy Adams do filme Big Eyes e estavam concorrendo com ela a Emily Blunt do filme Caminhos da Floresta, Helen Mirren de A 100 Passos de um Sonho, Julianne Moore de Mapa para as Estrelas e Quvenzhané Wallis de Annie.

Melhor ator coadjuvante: Robert Duvall do filme O juiz, Ethan Hawke de Boyhood, Edward Norton de Birdman e Mark Ruffalo de Foxcatcher estavam concorrendo, mas o grande vencedor foi J.K. Simmons de Whiplash.

Melhor atriz coadjuvante: Patricia Arquette de Boyhood levou esta estatueta para casa e desbancou grandes nomes como Jessica Chastain do filme A Most Violent Year, Keira Knightley de O Jogo da Imitação, Emma Stone de Birdman e a deusa Meryl Streep de Caminhos da Floresta.

Melhor diretor: Novamente o prêmio foi para o diretor Richard Linklater do grande vencedor da noite Boyhood. Estavam concorrendo também Wes Anderson de O Grande Hotel Budapeste, Ava Duvernay do filme Selma, David Fincher de Garota Exemplar e Alejandro González Iñárritu de Birdman.

Melhor roteiro: Alejandro González Iñárritu de Birdman foi o vencedor e estava concorrendo com Wes Anderson de O Grande Hotel Budapeste, Gillyan Flinn de Garota Exemplar, Richard Linklater de Boyhood e Graham Moore de O Jogo da Imitação.

Melhor trilha original para filme: Johann Johannsson de A Teoria de Tudo venceu e estava concorrendo com Alexandre Desplat de O Jogo da Imitação, Trent Reznor & Atticus Ross de Garota Exemplar, Antonio Sanchez de Birdman e Hans Zimmer  de Interestelar.

Melhor canção original para filme: Nem Lana Del Rey com Big Eyes do filme Big Eyes, nem Lorde com Yellow Flicker Beat de Jogos Vorazes: A esperança – Parte 1. As favoritas foram derrotadas por John Legend e COmmon, com a música Glory do filme Selma. As outras concorrentes eram Mercy Is do filme Noé de Patty SMith e Lenny Kaye e Opportunity do filme Annie.

As premiações da TV:

Melhor série de TV de Drama: The affair ganhou de Downton Abbey, a maravilhosa Game of ThronesThe Good WifeHouse of Cards.

Melhor série de TV de Musical ou comédia: Transparent concorreu e ganhou de GirlsJane: The VirginOrange is the New BlackSilicon Valley.

Melhor minissérie ou filme para TV: Fargo foi a grande vencedora e concorreu com The Missing, The Normal Heart, Olive KitteridgeTrue Detective.

Melhor ator em série de TV de Drama: A maravilhosa atuação de Kevin Spacey em House of Cards valeu o prêmio que estava sendo disputador por Clive Owen de The Knick, Liev Schreiber de Ray Donovan, James Spader de The Blacklist e Dominic West de The Affair.

Melhor ator em série TV de Comédia ou musical: Os concorrentes foram Louis C.K. de Louie, Don Cheadle de House of Lies, Ricky Gervais de Derek e William H. Macy de Shameless, mas o vencedor foi Jeffrey Tambor de Transparent.

Melhor ator em minissérie ou filme para a TV: Fargo ganhou novamente, com Billy Bob Thornton. Ele concorreu com Martin Freeman da mesma série, Woody Harrelson de True Detective, Matthew McConaughey da mesma série e Mark Ruffalo de The Normal Heart.

Melhor atriz em série de TV de Drama: Claire Danes da série Homeland, Viola Davis de How to Get Away with Murder, Julianna Margulies de The good Wife e Robin Wright  de House of Cards concorreram com a vencedora Ruth Wilson da série The affair.

Melhor atriz em série de TV de Comédia ou musical: Gina Rodriguez de Jane: The Virgin ganhou de Lena Dunham de Girls, Edie Falco de Nurse Jackie, Julia Louis-Dreyfus de Veep e Taylor Schilling de Orange is the New Black.

Melhor atriz em minissérie ou filme para a TV: Maggie Gyllenhaal da série The Honorable Woman levou a estatueta e concorreu com Jessica Lange de American Horror Story, Frances Mcdormand de Olive Kitteridge, Frances O’Connor de The Missing e Allison Tolman de Fargo.

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV: Matt Bomer da minissérie The Normal Heart venceu Alan Cumming de The good Wife, Colin Hanks de Fargo, Bill Murray de Olive Kitteridge e Jon Voight de Ray Donovan.

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para TV: Concorreram Uzo Aduba de Orange is the New Black, Kathy Bates de American Horror Story, Allison Janney de Mom e Michelle Monaghan de True Detective, mas a grande vencedora foi Joanne Froggatt da série Downton Abbey.

Uma noite extensa, com muitos prêmios, mas maravilhosa! Gostaram dos vencedores? Me contem.

assinatura with love